Autoatendimento

Este ano, muitas empresas viram a inadimplência aumentar e sua receita diminuir. Em momentos como esses, cobrar se torna uma tarefa mais complicada, e que muitas vezes requer mais investimento para alcançar um número de recuperação melhor.

De fato, controlar tudo isso pode ser bastante complicado, mas a boa notícia é que hoje em dia, com tantos recursos que a tecnologia pode oferecer, há algumas saídas, como por exemplo o autoatendimento.

O conceito de autoatendimento já é antigo, mas vem sendo cada vez mais explorado atualmente, principalmente por empresas que precisam aplicar à régua de cobrança com seus clientes.

Em um mundo tão dinâmico e cheio de facilidades, oferecer maneiras simples e rápidas do cliente resolver problemas é sempre a melhor opção.

Além disso, para muita gente o fato de ser cobrado pode ser constrangedor. Dessa forma, mais uma vez o autoatendimento se mostra como uma alternativa interessante.

Com um custo muito menor de operação, o autoatendimento possui ainda uma dinâmica bem simples: o cliente entra no site, verifica as oportunidades de negociação e escolhe a alternativa de pagamento.

Em muitas plataformas, como na e-negociador, o cliente inadimplente ainda pode fazer contrapropostas e contar com o PIX, uma novidade nos meios de pagamento, além de outras funcionalidades.

Apesar de muito eficaz, a auto negociação não substitui os demais formatos de cobrança, mas pode e deve ser utilizado junto à diversos perfis e carteiras que se identifiquem compatibilidade com as estratégias de estímulo.. . A modalidade tratá para a sua empresa vantagens como:

  • Negociação 24 horas por dia, 7 dias por semana;
  • Reduz a necessidade de contato telefônico;
  • Melhora a experiência para os usuários pela simplicidades e comodidade;
  • Aumenta os resultados  na recuperação de créditos.

Estas plataformas são alternativas para empresas que desejam incorporar o autoatendimento integrado ao CRM de cobrança. Assim, é possível controlar todo o processo de maneira intuitiva e rápida com dashboard e analytics para os gestores

Sem dúvidas o autoatendimento deixa de ser uma tendência  e se torna uma realidade, que vem ganhando cada vez mais espaço e otimizando o trabalho na gestão de recebíveis em todos os segmentos.

Vale a pena apostar nesta estratégia!

Fonte: por Jefferson Frauches Viana para Linkedin em 12.11.2020.