C.H.A para uma Liderança Efetiva – parte 1

(Crédito de imagem: Pixabay)

O C.H.A, uma filosofia para avaliação e desenvolvimento profissional, ainda que não seja nenhuma novidade no mundo corporativo, representa hoje uma poderosa e eficaz ferramenta para implementar uma Gestão por Competência capaz de:

  1. esclarecer os “porques” e levantar as necessidades de aprendizado;
  2. apresentar os fatores de mudanças desvendando contextos e cenários;
  3. promover a verdadeira e efetiva liderança.

A tríade C.H.A é representada pelo:

 C de Conhecimento, é o saber teórico, o primeiro ponto de aprendizagem e desenvolvimento.  O conhecimento, em geral, é tácito, presente apenas na mente do profissional. O grande desafio é transformar o conhecimento tácito em conhecimento explicito, realiza-lo no dia a dia.

A Habilidade (H) é o saber fazer. O ideal está na junção de conhecimento e habilidade. Esta, em regra, depende de prática, treino, erros e acertos. Mas como se diz a “teoria na prática é outra”, cuidado, quanto mais teórico menos prático se fica.

E por fim A de Atitude, que está ligada a ação. Não adianta ter conhecimento e habilidade e não ter atitude. Atitude é o querer fazer. Asseguro que poucos profissionais estão dispostos a ter atitudes e promover mudanças, simplesmente não percebem que se algumas coisas mudassem o resultado final seria melhor. Como 80% reside na ATITUDE tudo acaba por permanecer inalterado, sem evolução sem desenvolvimento, e fim. Fazendo aqui apenas uma constatação!!!!

Agora pergunto: será que é possível desenvolver a competência para liderança ou essa é intrínseca e imutável, inerente somente a alguns sortudos eleitos? A palavra-chave aqui é conhecimento.

Acredito, que a Liderança pode ser desenvolvida, mas primeiro é preciso fazer uma profunda e detalhada autoanálise. Descobrir quais são seus pontos fortes e quais são seus pontos fracos … “Conhece-te a ti mesmo” (Sócrates).

Há os que possuem um bom nível de autoconhecimento e conseguem identificar claramente quais pontos devem ser reforçados em sua personalidade, bem como quais devem ser trabalhados e modificados. Outros precisam buscar a melhor maneira de se encontrar e prosseguir, como o Coaching por exemplo, processo de investigação que promove o autodesenvolvimento.

De uma forma ou de outra não tem como fugir, para se tornar um líder efetivo, você deverá necessariamente passar por um período de conhecimento e desenvolvimento pessoal profundo. Tenha em mente que esse processo de descobrimento nem sempre é fácil nem mesmo agradável, mas fundamental. 

Nos próximos artigos, C.H.A para uma Liderança Efetiva partes 2 e 3, quando nos aprofundaremos no saber fazer, Habilidades e nas Atitudes, no querer fazer.

Fique atento e acompanhe.

Excelente Trabalho a todos!!!

Fonte: por Daisy Blanco, para CollBusiness News, em 05.09.2018

2018-09-05T11:43:09+00:00 05/09/2018|Gestão|0 Comentários

Faça Um Comentário

Translate »