Como decidir dizer SIM ou NÃO ao imprevisto.

Quantas vezes na última semana você alterou sua lista de prioridades no trabalho para ter que lidar com imprevistos? … você tem uma lista de prioridades diárias, certo?!?!?! Talvez você tenha se sentido sobrecarregado de trabalho e terminado alguns dias com aquela sensação de que não fez nada … apesar do dia ter sido extremamente corrido e intenso, não é mesmo?

Infelizmente imprevistos acontecem e são até bastante corriqueiros. Quase todo dia você é surpreendido por imprevistos! Agora pense, só porque os imprevistos acontecem, isso quer dizer que você deve sair resolvendo com toda urgência? Ou pior… apoiar-se na sorte esperando a demanda desaparecer? Nem uma coisa nem outra, devemos sim equacionar Tempo X Imprevistos X Resultados, e manter sempre a produtividade em alta.

Você acredita que nada que você faça irá impedir que os imprevistos continuem detonando o seu dia e prejudicando a sua produtividade, mas estudos feitos por grandes nomes da produtividade, como por exemplo o Brian Tracy (especialista em liderança e equipes de alta performance), comprovam que saber lidar com urgências e imprevistos é crucial para o sucesso de todo profissional, uma competência bastante valorizada nos dias atuais.

Então, comece por administrar sua agenda diária. O primeiro passo é aprender a identificar o momento certo de dizer não para algumas “urgências”, tal consciência além de aumentar a sua produtividade acaba por aumentar também a produtividade da sua equipe, pois os funcionários tendem a aprender a lidar com os detonadores de tempo com seus líderes imediatos.

Agora duas dicas valiosas e extremamente simples para fazer você utilizar o seu tempo de forma muito mais eficaz:

  1. Sempre analise a situação antes de agir impulsivamente, cheque os impactos negativos, quando não atendidos os “imprevistos” ou mesmo os positivos, se atendidas as “urgências”. Confronte esses impactos aos impactos gerados na sua própria lista de prioridades do dia. Opte sempre em atender aos resultados que são esperados de você. 
  2. Se inevitável,  absorva o imprevisto, porque você quer e não porque ele precisa ser resolvido. Resumindo, você quer fazer porque chegou à conclusão que esta nova atividade é prioritária para seu resultado, crescimento, produtividade e sobretudo para que seu desempenho pessoal fique em destaque.

Concluindo, trate esse imprevisto como se ele já fizesse parte da sua lista de prioridades. Aja positivamente encarando essa nova atividade como mais uma oportunidade de sucesso. Sobretudo mude o seu jeito de pensar: pare de achar que “sobrou pra você”. Pare de achar que os imprevistos sempre caem no seu colo.

Excelente trabalho a todos!!!

Fonte: por Daisy Blanco, para CollBusiness News, em 18.10.2018

2018-10-18T12:53:58+00:00 18/10/2018|Gestão|0 Comentários

Faça Um Comentário

Translate »