Descubra seus talentos e dê foco naquilo que você já tem.

A importância de investir naquilo que já está dentro de você!

Alguma vez você já deve ter ouvido que você tem algum talento. Pelo menos sua mãe deve ter dito que você é uma pessoa talentosa. Mas tenho certeza que ao longo de sua vida, você vem se esforçando pra desenvolver habilidades, para aprender coisas que façam com que você chegue mais perto do sucesso.

Pois é, eu também. Mas tive a oportunidade de descobrir agora que o melhor resultado está em trabalhar aquilo que já temos dentro de nós e a partir daí colocar pra fora nossos talentos.

Na minha jornada rumo a uma vida mais em paz, tive a oportunidade de através de um trabalho da GoOn conhecer o Livro “Descubra seus pontos fortes”.

O livro incentiva que você seja uma pessoa melhor dando foco aos seus talentos e não investindo em coisas que no fundo você não se identifica.

O livro fala em detalhes de cada talento identificado nos estudos mas o que faz a diferença de verdade, é um teste que é apresentado a partir do capítulo 3. Este teste foi desenvolvido pelo instituto GALUP e através de um questionário que você responde, lhe são apresentados os seus cinco principais talentos em ordem de relevância.

O teste é individual e só pode ser feito uma vez. (Cada livro vem com um código para acesso ao questionário).

Quando tive elencados meus 5 talentos, tive a oportunidade dividir em grupo. Cada palavra que eu lia era uma perfeita descrição da minha pessoa, de meus atos, dos meus pensamentos.

Nenhum dos 5 talentos foi novidade pra mim, e aí começou um trabalho que era identificar a Luz e a Sombra de cada um dos talentos. Isso o livro não trata, mas sem dúvida esse momento é o mais rico deste processo de auto conhecimento.

A Luz é o que demonstra a explosão do positivo que está descrito no talento, aquilo que você deve ir em busca para que o talento esteja presente e ativado e para que você possa usar em seu favor.

A Sombra por outro lado, e no meu caso o que permitiu me conhecer como nunca antes, é o que o talento traz de negativo ou o que ele faz você se acomodar, ter atitudes que não agregam.

Se você acompanha meu Blog, você sabe que comecei uma busca por 3 fatores principais: atividade física, medicação e alimentação saudável.

Tenho tido períodos de altos e baixos e sempre que penso que não fiz algo que deveria, sempre me vem uma sensação que indica que: “tudo bem, não tem problema, amanhã eu faço melhor, amanhã começo, etc e etc”.

Engraçado que está questão pode ter varias formas de ser encarada.

Já falei aqui no post sobre procrastinação do macaco da satisfação imediata, e podemos citar diversas questões que podem explicar o fato de deixarmos pra depois.

No meu caso porém, ficou muito claro a partir deste estudo dos talentos.

Um de meus talentos é o POSITIVO!

A descrição do talento tem uma série de detalhes, porém percebi que a SOMBRA deste talento tem a ver com o acreditar que sempre serei salvo, aja o que houver. Sendo assim não fazer hoje e deixar pra outro dia é normal, pois, o que pode me acontecer afinal se não acredito no mal e sim tenho sempre um lado positivo pra vislumbrar.

Pois é se conhecer e entender o que e porque fazemos, não é fácil, mas deve ser feito, só assim seremos pessoas melhores e viveremos mais próximos da paz.

Com isso, não resolvi meus problemas, mas tenho refletido sempre que vem à mente aquela sensação que não preciso fazer hoje pois amanhã será um dia lindo.

Trabalhar isso não é fácil, requer disciplina, força e prática.

Mas é esse o caminho da vida. Não estamos aqui a passeio, temos um papel nesta vida. Temos pessoas convivendo ao nosso redor.

Por isso se queremos um mundo melhor devemos começar fazendo de nós melhores.

Vamos buscar nos conhecer a cada dia, não adianta querer que o bem venha apenas do outro. A felicidade não está no pote de ouro ao fim do arco íris; ela está a cada minuto que você vive o hoje, que sorri, que partilha um sentimento positivo, ou ainda em um momento que você investiu em ficar apenas com você mesmo.

Vamos ser feliz?

Um grande abraço,

Fonte: publicado em 06.09.2018 em seu blog Tabelando com Tambellini.

2018-09-13T18:21:08+00:0014/09/2018|Capital Humano|Nenhum Comentário
Translate »