A pandemia que estamos vivendo nos trouxe grandes desafios e uma dela foi o aumento do desemprego aliado ao aumento na inadimplência.

Teoricamente, para as empresas de cobranças, isso seria uma boa notícia, já que a base de devedores aumentando o faturamento aumenta nas mesmas proporções.

Mas o que estamos vivendo é algo inusitado pois os acordos fechados para pagamento das dívidas tiveram uma grande redução de efetividade.

Funil d negociação na cobrança

Pensando no funil de negociação, precisamos entender que a quebra está na fase final do funil, ou seja, no acordo e no pagamento. Após essa identificação, listei 3 passos simples e facilmente aplicáveis na operação, para alavancar o resultado da negociação.

  1. No fechamento, o operador deve confirmar ao final da ligação o acordo, informando o valor, quantidade de parcelas e vencimento, criando uma conexão com o devedor para que este assuma um compromisso;
  2. Realizar preventivamente ações em massa e atentar se o cliente informa se já efetuou pagamento (s), com o monitoramento das respostas de e-mail e SMS.
  3. No dia do vencimento ligar para confirmar com o cliente o pagamento ou a quebra do acordo.

Fonte: por Pedro Felipe , Account Manager Key Account na Akiva Software, para Linkedin em  21.04.2021.