Startup do Bradesco

Na corrida pelo cliente, o Bradesco decidiu fazer um avanço estratégico em um dos pontos mais sensíveis do varejo financeiro: o atendimento ao consumidor. Um negócio que tem a sua bênção — e seus recursos — vai unir duas das mais inovadoras startups especializadas na comunicação e no atendimento a clientes com uso de tecnologia e inteligência artificial: a D1 vai desembolsar 85 milhões de reais para adquirir a Smarkio.

Tanto a D1 como a Smarkio possuem entre seus principais clientes empresas do setor financeiro. Não é por acaso, uma vez que bancos e seguradoras possuem bases expressivas com milhões de clientes e lidam com serviços e produtos que geram dúvidas e reclamações de forma recorrente. A D1, fundada em 2012 por Fernando Steler, atende os três maiores bancos privados do país e três das quatro das maiores seguradoras.